Bagagem certa

Bagagem é motivo de temor na hora de viajar. Pois agora a maioria das empresas determinou limites bem restritos na hora de embarcar. Levar uma mala grande ficou caro demais, além de dispensável. A solução é usar aquelas malinhas de bordo. Porém, é preciso planejar bem a sua mala, que agora encolheu.

Bagagem

1 – Contar os dias

Antes de preparar a bagagem primeira coisa a se fazer é contar os dias de viagem, excluindo o de ida. Afinal, você vai sair de casa vestido, e essa roupa não ocupa lugar na mala. Se a viagem for mais longa que uma semana, capriche na organização da bagagem.

2 – Roupas leves

Ainda que a viagem seja para um lugar frio, opte por roupas leves. No frio, o correto é vestir-se como uma cebola (em camadas). O casaco de frio será repetido, mudando apenas as outras camadas. Por isso, camiseta e interessante. Em lugares frios, valorize as camisetas de manga longa.

3 – Sapato dobrável na mala

O ideal é viajar sempre com dois sapatos na bagagem, exceto em viagens de dois dias. Além do risco de molhar ou estragar e você ficar literalmente com os pés no chão, é importante que o sapato “respire” no intervalo de um dia. Quando a viagem é daquelas em que a caminhada vai ser a diversão, opte por tênis apropriado.

4 – Calça no fundo

Forre a mala com a calça aberta. Então, coloque toda a bagagem dentro da mala e cubra com as partes que sobraram da calça. Tudo ficará protegido e esticado.

5 – Camiseta bem dobrada

É preciso arrumar a mala com calma. Coloque as camisetas dobradas do tamanho disponível e coloque-as uma a uma, esticando-as com as mãos. As golas devem ficar em lados intercalados. Se isso for feito, nada ficará amassado.

6 – Combinações planejadas

Na hora de escolher as roupas, opte pelas confortáveis e apropriadas para o clima do lugar. Mas também faça uma simulação de combinações. Do contrário, você pode ficar parecido com um restaurante por quilo ambulante, com todas as possibilidades possíveis.

7 – Ordem de uso

Pode parecer exagero, ou mesmo toque, mas facilita as coisas. Costumo colocar as camisetas e camisas em ordem decrescente de uso. Assim, facilita a escolha e evita aquela cena de “puxar” a camiseta que estava no fundo da mala.

8 – Cuecas ou calcinhas e meias nos cantos

Quando preparamos uma mala, o que mais sobra é cantinho. Precisamos preencher esses espaços, aproveitando-os e evitando que a roupa “ande” dentro da mala. Essas peças são pequenas e facilmente encontráveis nos cantos.

 9 – Casaco pesado no corpo

Esse tipo de casaco ocupa muito espaço na mala. Por isso, vista-o na hora de embarcar e retire-o quando estiver dentro do avião. O interessante é deixar o casado em fácil acesso, pois os voos costumam ter um ar condicionado exagerado. Vale a pena passar um calorzinho na fila do embarque e evitar ter de despachar a mala.

10 – Abra o extensor da mala, e depois feche-o

O extensor aumente o espaço da mala. Porém, ele aberto deixa a mala frágil e grande demais para levar a bordo. Prepare a mala e, ao final, feche o extensor vagarosamente. A mala vai ficar compacta.

11 – Mochila pequena dentro da mala

Sobre toda a roupa, coloque uma mochila pequena, daquelas ideais para um passeio urbano. Isso pode ser imprescindível quando a caminhada é extensa e você resolveu fazer um delicioso piquenique urbano (algo comum nos países europeus, ainda que alguns brasileiros tenham vergonha por acharem que isso é farofa). A mochila é ideal para carregar o passaporte durante as caminhadas, pois alguém pode pedir para conferir o seu visto.

12 – Cabos e adaptador universal

Viajar sem telefone celular é uma loucura. Além do wi-fi, disponível em todo lugar, ele é uma ótima câmera fotográfica. Mas é preciso levar os cabos para carregar a bateria, além de um adaptador universal. Afinal, não é somente no Brasil que temos formatos esquisitos de tomada.

Bagagem certa
Foto: Denis Renó

O adaptador universal é uma ótima aquisição para quem gosta de viajar.

Para quem vai viajar durante mais de uma semana, é importante lembrar que no mundo existe lavanderia, especialmente nas cidades europeias. O custo é baixo e vale a pena. Por isso, não se apavore. Leve a quantidade de roupas para uma semana e lave o que for preciso. Além disso, para quem costuma alugar casas quando viaja (veja as opções do Booking), tudo fica mais fácil, pois a maioria oferece lavadora e secadora. Pode viajar tranquilo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here