Córdoba

Córdoba é uma cidade localizada no centro do território argentino, conhecida como o coração do país. É uma cidade repleta de traços culturais e revela a cultura argentina – diverso -, ainda que muitos não aceitem o passado. Pelas ruas de Córdoba podemos encontrar argentinos descendentes de europeus, e também cidadãos com fenótipo indígena.

Mas Córdoba têm uma mistura de etnias muito forte, graças à Universidade Nacional de Córdoba, que recebe estudantes de todo o país, além de estrangeiros. Como está localizada no centro da Argentina, é uma excelente possibilidade para estudantes de todas as províncias. Além disso, por possuir uma alta qualidade de educação e uma preocupação histórica com a internacionalização, a universidade possui convênios com diversas universidades do mundo. Por ser pública, oferece educação grátis, o que facilita ainda mais o intercâmbio de estudantes.

Mas Córdoba não se limita à educação. Ainda que seja uma grande cidade, com centros comerciais bem preparados para o comércio, o que tem de melhor na cidade é a estrutura pequenina e a história existente em suas ruas e monumentos. Encontramos diversos museus interessantes, como o Museu de Arte, muito perto da universidade. Também há belos parques, onde é possível passar os domingos olhando a natureza, o silêncio, lendo um livro ou tomando uma cerveja Quilmes enquanto soboreia empanadas típicas da cidade, variando entre as porteñas e as chilenas, como são oferecidas nos balcões das panaderías.

Aos que não gostam da cerveja, um bom vinho é uma provocação constante nos diversos mercados da cidade, mas também podem ser encontrados diversos refrigerantes de Pomelo, uma laranja comum na Argentina, deliciosa aos que preferem os sabores amargos. Quando o assunto é café, a melhor opção da cidade é acompanha-los com os típicos alfajores, tradicionais em toda a região. Mas também encontramos diversas parrilladas de todos os tipos para os que são fanáticos por sabores tipicamente argentinos, e com uma excelente qualidade.

Em Córdoba, podemos encontrar hostales de excelente qualidade, o que dispensa hospedagens mais caras em hotéis, ainda que existam boas opções hoteleiras a preços justos. E para os que se encantam com a sétima arte, em Córdoba há boas salas de cinema, o que se justifica pela existência de um importante curso de cinema na Universidade Nacional de Córdoba, onde roteiristas e cineastas consagrados internacionalmente ministram suas aulas.

A marca da região é o cordobés, jeito regional de falar muito peculiar. Não se diz cordobesa, e sim “cordôôôôbes”, sempre deixando a penúltima sílaba tônica. Mas outra marca da região está pertinho da cidade, no povoado chamado Alta Gracia. Pode-se visitar o museu do Che Guevara, criado na casa onde viveu o revolucionário argentino em sua infância. Em um salão do museu encontra-se uma réplica da motocicleta La Poderosa, com a qual Che e seu amigo Alberto Granado viajaram pela América Latina. Dessa viagem, originou-se o filme Diários de Motocicleta, dirigido pelo brasileiro Walter Salles.

Córdoba
Foto: Denis Renó.

La Poderosa é uma das atrações do Museo Ernesto Che Guevara, em Alta Gracia.

Finalmente, as igrejas do tempo dos jesuítas fazem um espetáculo especial, com cores, luzes e arquitetura recuperada. Isso tem transformado a cidade em um importante centro turístico da Argentina. Assim, os que gostam de algo mais que a neve de Bariloche ou a bohemia Buenos Aires podem se deliciar no coração do país.

Passeios em Córdoba:

Descrever todos os passeios de Cordoba é impossível, pois a cada viagem, a cada passeio descobre-se algo novo. Mas alguns passeios devem ser feitos.

Manzana Jesuítica

As construções registram a história do país, pois os espanhóis chegaram no território hoje ocupado por Córdoba. No complexo, existem diversas igrejas, cada uma com sua característica e beleza. A manzana jesuítica, como denominam a região, é considerada desde 2000 como Patrimônio Histórico da Humanidade. Destacam-se a Igreja da Companhia de Jesus, construída em 1761 (uma das mais antigas do país) e a Capilla Domestica, de uso privado dos padres, construída em 1644. Tudo isso pode ser visitado com tranquilidade caminhando pelo centro, uma região segura e bem bucólica da cidade.

Córdoba
Foto: Denis Renó.

A Manzana Jesuítica é um verdadeiro espetáculo de história e luz.

Passeio do Buen Pastor

É uma praça que possui um restaurante rodeado de lojas e uma pequena lagoa artificial com fonte de águas dançantes. Nos fins de semana, a praça fica repleta de pessoas que se encontram em grupos. Uns jogam capoeira, outros escutam e bailam danças típicas da região. Na Argentina, o piquenique é uma atividade cultural, e a praça é o recanto disso nos fins de semana. Ao lado da praça, há uma bela construção gótica. Hoje, sua capela está aberta, mas no passado era asilo e prisão feminina.

Córdoba
Foto: Denis Renó.

A prisão do Paseo del Buen Pastor é uma das belezas arquitetônicas da cidade de Córdoba.

Patio Olmos Shopping

É o centro comercial mais tradicional da cidade. Tem cinema (dublados em espanhol) e praça de alimentação. O local é excelente para comprar presentes e recordações da cidade, ou para passear pelos seus corredores em um dia chuvoso. O shopping está localizado no centro da cidade,  perto da Manzana Jesuítica e do Paseo del Buen Pastor.

Parque Sarmiento

O parque é, com certeza, o mais bonito da cidade, com diversos parquinhos para as crianças. No parque, também tem uma bela lagoa onde é possível escutar a natureza no meio da cidade. Fica perto da universidade, que possui um campus bem arborizado.

Córdoba
Foto: Denis Renó.

A lagoa do Parque Sarmiento é perfeita para observar o céu e tomar uma Quilmes.

Alta Gracia

Essa é uma típica cidade do interior da Argentina, com registros históricos importantes sobre a cultura da cidade. Há diversos horários de micro-ônibus entre Córdoba e Alta Gracia, denominados micros pelos cidadãos. A estação fica localizada pertinho do Pátio Olmos, umas quatro quadras de distância, e a viagem é bem econômica. Lá em Alta Gracia, além do Museu de Che, pode-se passear pela pequenina cidade a pé. Mas existem as opções de fazer o recorrido sobre um burrinho, como andavam os jesuítas, ou praticar esporte de aventura. No final do dia, comer churros com chocolate é uma boa pedida.

Córdoba
Foto: Denis Renó.

O casco jesuítico da cidade de Alta Gracia é uma experiência fundamental para se compreender a história da Argentina.

Mais informações:

Página de Turismo Cultural

Página da Municipalidad de Alta Gracia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here