lima-de-contrastes

Lima é uma capital de contrastes. Parecem várias cidades em uma. Talvez duas cidades em uma. A primeira delas, rica, nos leva a cenários de outros continentes, com um romantismo de cores e arquiteturas que chama positivamente a atenção. A outra, pobre, nos leva também a outros continentes. Porém, em regiões de guerra e aridez extrema.

lima de contrastes
Foto: Denis Renó.

Lima é uma cidade de contrastes. Urbanizada de um lado, esquecida de outro.

Essa publicação não tem como objetivo espantar a visita turística a Lima. A cidade é imperdível. Cheia de história pré-colombiana, Lima é um destino obrigatório aos que gostam de cultura, arte, gastronomia e, claro, compras. Entretanto, destaco no texto um lado feio da cidade para que os viajantes não se assustem logo na chegada. Afinal, como diz o ditado, “a primeira impressão é a que fica”.

Lima florida

Não erre na leitura. O título desse bloco é Lima florida, e não Lima Flórida, ainda que alguns distritos da cidade, como San Isidro e Miraflores, nos remetam a essa região dos Estados Unidos. Nessas regiões, encontramos lojas de marcas importantes, supermercados bem abastecidos e muita segurança urbana. É possível caminhar tranquilamente por suas ruas, ainda que um dos grandes perigos de Lima – o trânsito – seja agressivo mesmo nessas regiões.

lima de contrastes
Foto: Denis Renó.

A segurança é um diferencial nessa região.

Outro ponto que chama a atenção nos bairros abastados da cidade é a arquitetura e o urbanismo. Com ciclovias dividindo as ruas, todas bem identificadas por faixas de pedestres, os cidadãos podem mover-se de maneira ecologicamente correta e ágil, considerando o caos do trânsito da cidade.¡

lima de contrastes
Foto: Denis Renó.

As palmeiras e o urbanismo lembram alguma cidade da Flórida.

Edifícios bem construídos também chamam a atenção nessa região, especialmente na zona próxima ao Pacífico, onde fica o Shopping Larcomar, à beira das falésias de Lima e com uma vista privilegiada para o oceano.

lima de contrastes
Foto: Luciana Renó.

A vista do Oceano Pacífico desde Miraflores é maravilhosa.

Lima árida

Já outras regiões da cidade (a maioria geográfica, inclusive) vivem em um cenário que nos remetem ao Oriente Médio, quase como zonas de guerra. As casas mal-acabadas se confundem com a areia daquela região dos Andes. As ruas, por sua vez, são sujas, sem demarcações viárias e, em muitos casos, com uma manutenção que nos leva a alguns bairros de Bogotá.

lima de contrastes
Foto: Denis Renó

A cidade, na periferia, é árida, quase monocromática.

Quando comparamos as duas regiões – a florida e a árida -, constatamos uma desigualdade social explícita em Lima, uma cidade tão bonita para o turista, mas que nos recebe com esse passeio pela realidade de muitos dos peruanos. Mas, segundo um motorista que me recebeu na cidade, a região é assim mesmo, seca, árida. Ainda assim, é visível a diferença.

Ainda assim, com tanta diversidade, ir a Lima é uma experiência única. Até mesmo os veículos nos surpreendem. Uma coisa é certa: vale a pena conhecer essa cidade, essa cultura, os sabores e, claro, o caos que acompanha o trânsito de todas as grandes cidades da América Latina.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here