nova-iorque-vertical
Foto: Denis Renó.

Nova Iorque vertical é sempre fotogênica. Assim podemos descrever a ilha de Manhattan, o lugar que mais apareceu no cinema mundial. Mas não é somente o cinema que leva Nova Iorque às lembranças coletivas, como, por exemplo, os edifícios.

Nova Iorque vertical
Foto: Denis Renó.

Visto de longe, Manhattan é uma coluna vertical.

Em meio a tantos edifícios – 146.238, na última contagem, em 2016 -, encontramos arquiteturas clássicas e modernas. Entre todos os que vemos, um em especial: Empire State Building. Imponente e antigo, o edifício já foi palco de cenas em vários filmes, como o clássico King Kong.

Nova Iorque vertical, mas clássica

Caminhar pelas ruas de uma Nova Iorque vertical significa deparar-se com edifícios que nos remetem a um passado secular. A arquitetura tem esse poder, e em uma Nova Iorque vertical a viagem no tempo também se dá pelos edifícios. É comum observar, lado a lado, obras clássicas que se destacam entre as modernas. São prédios que levam cor e curvas a uma modernidade cada vez mais espelhada, encapada por vidros.

Nova Iorque vertical
Foto: Denis Renó.

Construções clássicas se escondem entre os envidraçados edifícios.

O próprio Empire State Building é clássico, se considerarmos que seus 102 andares começaram a ser construídos em 1930. Mas há outras obras que nos levam a uma viagem no tempo.

Nova Iorque vertical
Foto: Denis Renó.

O Empire State Building é avistado de qualquer ponto de Manhattan central.

Nova Iorque vertical, e contemporânea

Quase sufocando os clássicos edifícios, surgem os arranha céus modernos. Trata-se de um cenário de imponentes construções, que cortam as nuvens mais baixas. Imponentes, ganham ainda mais destaque durante a noite, com luzes acesas e à contraluz da própria cidade.

Nova Iorque vertical
Foto: Denis Renó.

É comum ver edifícios baixos e antigos com escadas de segurança externa.

Tais construções se proliferam nos escassos espaços de Manhattan. Entretanto, a história sobre vive entre eles, ainda que de maneira modesta. Pequenos edifícios se adequam às exigências de segurança e seguem vivos. O mesmo acontece com igrejas, que tentam apoiar-se com a força da fé.

Edifícios de famosos

A Nova Iorque vertical também possui lugares emblemáticos, onde famosos viveram ou vivem até os dias de hoje. Um dos pontos famosos é o tradicional Edifício Dakota. Em estilo Arte Nouveau, o Dakota foi construído entre 1880 e 1884 e é considerado um dos mais bonitos edifícios de Manhattan.

Nova Iorque vertical
Foto: Denis Renó.

O edifício Dakota se destaca em meio à modernidade de Manhattan.

Porém, seu passado é manchado de uma história triste. No dia 08 de dezembro de 1980, um de seus moradores mais ilustres – John Lennon -, foi assassinado. A viúva Yoko Ono ainda vive no local, que fica não mais que 100 metros do memorial Strawberry fields. O memorial recebe mais de 30 milhões de visitantes, anualmente.

Nova Iorque vertical
Foto: Denis Renó.

No local, está Imagine, praça onde fãs e turistas tiram fotos e selfies.

Visitar uma Nova Iorque vertical, olhando para cima, é um saboroso exercício para a mente e uma bela viagem ao passado. Em alguns lugares, por que não, também para o futuro.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here