voar tranquilo
Foto: Denis Renó.

Voar tranquilo é fundamental em uma viagem, especialmente quando se trata de um voo demorado. Isso ajuda a começar (ou terminar) a viagem com satisfação e disposição para a próxima. Mas para voar tranquilo, é preciso seguir algumas receitas. Afinal, o voo, assim como o jet lag (aquela diferença de fuso horário, é o pior momento.

Esse post apresenta quatro dicas para você voar tranquilo. Siga as dicas e tenha uma sossegada viagem. Afinal, para isso que viajamos: ter sossego, mesmo que seja uma viagem profissional.

Voar tranquilo desde o começo

A primeira coisa que devemos fazer para voar tranquilo é planejar tudo com antecedência. Separe todos os documentos, passaportes. Imprima as reservas de hotéis. Salvar em arquivos PDF pode ser um problema se os seus dispositivos ficarem sem bateria.

Faça o check in eletrônico, mesmo que precise despachar bagagem. Assim, o avião não sairá sem você. Além disso, pode ser a oportunidade de mudar para um assento melhor, fundamental para voar tranquilo.

Escolha os melhores assentos

Os melhores assentos para voar tranquilo não são necessariamente os mais espaçosos, ou os que possuem as taxas mais altas. Os bons mesmo são os centrais, exceto de você estiver com desejo de ver algum lugar específico na viagem. Uma chegada em Lisboa pode oferecer uma bela vista da Torre de Belém, por exemplo. Também pode ser legal voar na janela para Lima, já que o avião sobrevoa o Lago Titicaca. Mas se estiver nublado, de nada vai adiantar.

voar tranquilo
Foto: Denis Renó.

O Lago Titicaca é uma boa justificativa para sentar na janela.

Outra dica é buscar lugares antes da asa do avião, ou sobre ela. Os serviços de bordo acontecem mais cedo. Além disso, sente-se menos turbulência nessa região do avião. Outra vantagem é que na chegada você sairá mais rápido, o que pode ajudar na fila da imigração. Escolha o que for melhor.

Na refeição, peça água

Voar tranquilo com sede é impossível. Por isso, na refeição, peça um copo de água além da bebida escolhida. Afinal, viajar com sede é complicado, e os serviços estão incluídos no preço da passagem que você comprou. Portanto, usufrua do que foi contratado.

Vale recordar que durante o serviço de bordo, e pouco depois, fica quase impossível pedir auxílio ao comissariado de bordo. Tudo é feito correndo, com tempo calculado, para evitar surpresas com turbulências não informadas (conhecidas como turbulências de céu claro, invisíveis aos radares). Por isso, garanta a sede pós refeição, que ela virá. Ainda mais em um ambiente seco, como o avião.

Caminhe durante o voo

A pior coisa que existe num voo é chegar com as pernas inchadas, e o intestino também, especialmente em voos demorados. Para resolver isso, existe uma solução: caminhar. Sim, uma bela caminhada de duas em duas horas dentro do avião pode ajudar. Claro que se estiver em turbulência, é melhor ter gases ou duas pernas inchadas do que se machucar. Mas se estiver livre, caminhe para voar tranquilo.

Com essas importantes dicas, você poderá ter uma viagem confortável, sossegada. Claro que cada passageiro tem as suas preferências, mas algumas coisas são básicas. Para atendê-las, planeje o seu voo nos mínimos detalhes.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here